Considerando a diversidade de assuntos com os quais temos que lidar, acreditamos que o profissional de relações governamentais deve ter personalidade e ser curioso. Nesse sentido, na construção da nossa equipe priorizamos pessoas que possuem perfis e interesses variados - vale política, economia, sociologia, história, música, informática, futebol, moda, dança, culinária e arte.