Eleições 2022 – O que esperar?

No dia a dia de seu trabalho, a profissional de Relações Institucionais e Governamentais (RIG) deve manter em seu radar alguns processos e algumas dinâmicas relacionadas à estrutura decisória do setor público: publicações do diário oficial, movimentações relacionadas a proposições legislativas, deliberações de agências reguladoras e outros órgãos decisórios, notícias relacionadas ao cenário político, dentre outros.

Nesse contexto, a cada dois anos, o processo eleitoral, com suas regras e especificidades, surge como mais um evento que deve ser monitorado e considerado no desenvolvimento de nosso trabalho. Assim, a compreensão sobre o que esperar desse ano é construída a partir do acompanhamento de alguns atores, contextos e movimentos que estabelecerão um ponto a partir do qual desenvolveremos análises de cenários, estratégias de atuação e, principalmente, decidiremos o nosso voto.

Como prestadora de serviços de consultoria na área de RIG, a Umbelino Lôbo também deve acompanhar de perto todas as movimentações relacionadas ao processo eleitoral, uma vez que ele é uma variável relevante no cenário político. A cada ano eleitoral estruturamos o monitoramento de suas dinâmicas a partir dos aprendizados dos acompanhamentos anteriores, do nosso planejamento estratégico, das demandas e necessidades de nossos clientes, das especificidades do contexto e da compreensão dos recursos disponíveis.

Assim, para 2022, desenvolvemos uma página eletrônica na qual será disponibilizado de forma gratuita e aberta para todas parte do conteúdo que será elaborado pela nossa equipe em 2022 e 2023 sobre as eleições e a transição governamental. Ela já está no ar no seguinte endereço: https://eleicoes.umbelino.com.br/

Ele foi estruturado a partir de algumas seções que se desdobram em conteúdos relevantes para o monitoramento do processo eleitoral. Na página inicial, você encontra o acesso ao calendário por meio do qual poderá acompanhar os principais fatos que compõem e orientam o cenário e a dinâmica política-eleitoral. Ele será constantemente atualizado com as principais movimentações em torno do processo político-eleitoral divulgadas ao longo do ano.

Outro eixo de acompanhamento relevante diz respeito às regras que orientam e garantem o caráter democrático das eleições, e informam as estratégias de campanha dos candidatos. Elas são encontradas tanto na Constituição Federal quanto em normas legais e infralegais. Em seu escopo, estão disposições relacionadas a direitos políticos, elegibilidade, partidos políticos, financiamento e propaganda eleitoral, alistamento eleitoral, dentre outras questões. Assim, na seção Legislação, que estará em constante atualização, apresentamos alguns tópicos desse arcabouço legal que auxiliam na compreensão do processo eleitoral.

A disputa eleitoral é construída pelas movimentações dos partidos e dos candidatos diante o cenário político e as exigências legais. Apesar de possuir regras específicas e tendências que podem ser antecipadas, ele é um processo dinâmico que está sempre em formação e transformação. Assim, a sua compreensão também demanda um acompanhamento “ao vivo” das movimentações que o constituem. Dessa forma, a seção Cenários será atualizada de forma recorrente com retratos de determinados momentos e análise dos principais aspectos e das dinâmicas eleitorais. Nesse artigo, trazemos algumas pautas que estarão no nosso radar ao longo do ano.

Outra variável que devemos manter no radar e que será monitorada pela Umbelino Lôbo é o comportamento do Congresso Nacional em ano eleitoral. Vale lembrar que dentre os cargos em disputa nas Eleições de 2022, estão as 513 cadeiras da Câmara dos Deputados e 27 do Senado Federal (de um total de 81 vagas). As movimentações e o funcionamento das Casas Legislativas poderão ser acompanhados nessa seção. E nesse artigo, você já pode conferir alguns pontos de atenção e suas eventuais tendências e desdobramentos. Ademais, no segundo semestre, com a definição dos candidatos à Presidência da República, disponibilizaremos nessa página informações sobre as os perfis dos concorrentes, as campanhas e a dinâmica da disputa.

Esse projeto terá a duração de um ano e será encerrado em fevereiro de 2023. A definição desse período de acompanhamento tem como pressuposto o entendimento que as eleições não se resumem aos dias das votações. Também está baseada na crença de que, apesar das aparentes urgências, o tempo é uma variável fundamental para percebermos as questões que nos mobilizam, as dúvidas que temos sobre determinado tema, em quais tópicos precisamos nos aprofundar para continuar construindo o nosso entendimento sobre determinado assunto.

A participação política de qualidade que a democracia merece passa pela disposição em construir um trabalho consistente e comprometido com a formulação de propostas baseadas na transparência e que priorizem a construção de soluções em conjunto e orientadas pela diversidade de nossa sociedade. Você pode encontrar mais detalhes sobre o período e os eixos de acompanhamento do projeto nessa página.

Para que o acesso a essas informações possa se adequar ao seu fluxo de consumo de informações, divulgaremos as atualizações em nossa plataforma pelos seguintes meios de comunicação: nossas redes sociais (Instagram, Twitter e LinkedIn), listas de transmissão por aplicativos de mensagem (Whatsapp e Telegram) e por e-mail (Newsletter). Cada canal terá um fluxo de encaminhamento e atualização próprio, pensado para aproveitar os recursos disponibilizados por cada plataforma e diversificar as possibilidades dos nossos meios de distribuição. Fica aqui no nosso convite para nos acompanhar naquele meio que faça mais sentido para você.

A estruturação do projeto nesse formato – conteúdo e período – tem como objetivo contribuir para a ampliação do olhar em torno do processo eleitoral e da participação política como um todo. A base que sustenta e orienta essas diretrizes é a certeza de que a democracia como regime de governo nunca está pronta ou acabada. Como forma de poder que tem como origem o povo, ela deve se atualizar de modo constante e estar orientada a garantir os direitos fundamentais e a priorizar a dimensão coletiva da vida em sociedade.

Com esse projeto, estamos colocando à disposição parte de nossa experiência no acompanhamento do cenário político brasileiro, construída em quase 43 anos de atuação a partir dos desafios confiados a nós pelos nossos clientes e da troca com os nossos colegas de profissão. Também estamos materializando nossa convicção de que a participação política que respeite os princípios democráticos é construída a partir de informações consistentes e de qualidade e esperamos aprender um pouco mais sobre como continuar contribuindo para o desenvolvimento de uma sociedade digna para todas e todos.

Ademais, ficaremos muito felizes se esse material contribuir para o desenvolvimento de seus projetos e suas decisões tanto em âmbito profissional quanto pessoal.

Artigo elaborado pela equipe da Umbelino Lôbo Assessoria e Consultoria em 12/03/2022 para a Associação Mulheres RelGov+.

Compartilhar:

Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em linkedin
Compartilhar em whatsapp
Compartilhar em email

Publicações relacionadas

Ir para o conteúdo